Atual campeã, Argentina perde duas vezes para Itália e fica ameaçada na Davis – EFE


Redação Central, 3 fev (EFE).- Atual campeã da Copa Davis, a Argentina está a um passo de ficar condenada à briga pela permanência no Grupo Mundial após começar a primeira rodada do torneio em desvantagem contra a Itália, que abriu 2 a 0.

Carlos Berlocq e Guido Pella, que a assumiram a responsabilidade da equipe diante das baixas de Juan Martín del Potro e Federico Delbonis, foram derrotados no Parque Sarmiento de Buenos Aires.

Pella, o primeiro a entrar em clara, perdeu por 3 sets a 0 para Paolo Lorenzi, com um triplo 6-3. Mais resistência ofereceu Berlocq, batido apenas no quarto set por Andreas Seppi, com parciais de 6-1, 6-2, 1-6 e 7-6 (6).

A Argentina superou a primeira rodada em 15 dos últimos 16 anos. Para se manterem vivos na disputa, os “Hermanos” terão que vencer os italianos nas duplas amanhã, quando Leonardo Mayer e Diego Schwartzman enfrentam Seppi e Simone Bolelli.

A Sérvia está perto das quartas de final depois do triunfo de Novak Djokovic sobre o jovem russo Danill Medvedev, que abandonou depois de vencer o número dois do mundo no primeiro set e ter aberto uma vantagem de 3 a 0 no segundo.

Antes do abandono de Medvedev, Djokovic tinha solicitado assistência médica por problemas no ombro. Mas, pouco a pouco, o sérvio melhorou e virou o jogo antes do russo deixar a quadra.

Foi uma rodada cheia de sustos para a Sérvia. Na primeira partida, Viktor Troicki precisou de cinco sets para bater Karen Khachancov por 6-4, 6-7 (3), 6-3, 1-6 e 7-6 (6).

Amanhã, a Sérvia pode garantir a classificação se Troicki e Nenad Zimonjic superarem Konstantin Kravchuk e Andrei Kuznetsov.

O vencedor do duelo pega quem avançar de Espanha e Croácia. Os espanhóis saíram na frente da disputa, após vitória de Roberto Bautista contra Ante Pavic por 3 sets a 0 (6-4, 6-2 e 6-3), mas Franko Skugor igualou ao vencer Pablo Carreño (3-6, 6-3, 6-4, 4-6 e 7-6 (6)).

No retorno à elite da Davis, a Espanha tenta passar de fase. Amanhã, Feliciano López e Marc López enfrentam Marin Draganja e Nikola Mektic para tentar recolocar os visitantes na frente.

Também terminou empatada a primeira rodada do confronto entre Alemanha e Bélgica. Apesar de o duelo ocorrer em Frankfurt, Steve Darcis não sentiu a pressão da torcida adversária e bateu Philip Kohlschreiber por 3 sets a 2 – 6-4, 3-6, 2-6, 7-6 (2) e 7-6 (5).

Na sequência, Alexander Zverev impediu a segunda derrota dos alemães e passou sem dificuldade por Arthur De Greef por 3 sets a 0, com um triplo 6-3.

Austrália e França também estão a um passo da classificação. Os australianos, com Nick Kyrgios e Jordan Thompson, bateram os tchecos Jiri Vesely e Jan Satral em Melbourne.

Já a França, mesmo sem Gael Monfils e Jo Wilfried Tsonga, venceu as duas partidas contra o Japão, que não tem Kei Nishikori, em Tóquio. Richard Gasquet bateu Taro Daniel (6-2, 6-3 e 6-2) e Gilles Simon superou Yoshihito Nishioka (6-3, 6-3 e 6-4).



Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *