Lucas Lima diz que ficou no Santos mesmo sem aumento e quer fazer mais gols – Futebol


  • Divulgação/SantosFC

Com o objetivo de ter um ano mais vitorioso e com mais destaque do que o anterior, o meio-campista Lucas Lima disse que optou por ficar no Santos por vontade própria. Em entrevista ao jornal “O Estado de S.Paulo”, o santista explicou que não recebeu aumento na virada do ano e pretende ter mais protagonismo em 2017.

“Desde que cheguei ao Santos, eu só tive um aumento. No ano passado, no começo do ano. Depois disso, não tive nada. Eu resolvi ficar mais por minha conta, pela minha família e pelo meu desejo de permanecer no clube. Estou feliz”, disse.

Lucas Lima disse recentemente em entrevista coletiva que times da Inglaterra e da China o procuraram, mas ele avisou que gostaria de ficar no Santos. Em sua mente, o objetivo é claro: ter um 2017 melhor.

“(O balanço de 2016) É positivo. Fomos vice-campeões no Brasileiro e individualmente consegui me manter na seleção, uma meta particular. Tive alguns obstáculos como uma lesão no final do Campeonato Paulista e no Brasileiro. Isso fez com que meu futebol oscilasse um pouco. Sei que vou ser cobrado para fazer muito mais. Eu me preparei na pré-temporada”, disse.

Para cumprir suas metas, ele tem pelo menos uma autocrítica bem definida: aparecer mais para finalizar. Em 2017, ele pretende ser decisivo pelo Santos com mais gols.  

“Eu me cobro para fazer mais gols. Venho jogando mais perto da área, mas acabo voltando um pouco. Espero fazer a diferença em alguns jogos, mas sempre pelo grupo. A gente não ganha nem perde sozinho”, disse.

Lucas Lima estreia oficialmente na temporada nesta sexta-feira, quando o Santos enfrenta o Linense às 21h pelo Campeonato Paulista. O clube defende o título, e o meio-campista disse que a participação na Copa Libertadores não vai diminuir a ambição no Estadual.  

“Todos entram para brigar pelo título, mas alguns desmerecem o torneio quando são eliminados. Nosso time sabe jogar esse torneio. É um campeonato de mata-mata na fase final e nosso time gosta disso. É difícil chegar em oito finais consecutivas e ganhar a maioria, mas espero que possa ser assim também neste ano”, afirmou.  



Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *